Mapa de Atuação da Rede Blogs do Ceará

http://3.bp.blogspot.com/-_AFaHjIsxkw/TdVWEdC6R0I/AAAAAAAAXQg/BJ4y3nC8rDo/s1600/redeblogsdoceara2.jpg

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Personagens esquecidos: O famigerado padre Luís do Calabaço

Por: João Tavares Calixto Júnior (*).


   Em meio a amplo contigente de personagens históricos que pereceram na memória do povo de Lavras da Mangabeira, está um reverendo, célebre em sua época, ao qual aqui, referenciamos como Luis Antônio Marques da Silva Guimarães, ou singelamente, pe. Luis do Calabaço.
  Filho de Antônio Marques da Silva Guimarães e Joaquina Franscisca de Sá, trata-se o religioso, de autor do projeto de implantação da primeira escola pública de Sousa, PB, sua terrra natal. Foi um vigário muito popular ao seu tempo, estando a frente da paróquia de São Vicente Ferrer por 17 anos (1846 a 1863).
   Sobre este paraibano, caem histórias de ações curiosas, como o fato de o mesmo não residir na casa paroquial, e sim, no sítio Calabaço, de sua propriedade, a cerca de sete quilômetros da então vila de São Vicente das Lavras, num sobrado construído próximo à união do riacho do Rosário (margem esquerda) com o córrego das Emas, que inclusive, serviu de guarida a alguns membros da célebre comissão científica de exploração, em sua estada por doze dias em Lavras, no ano de 1859.
   Teve vida marital com Joaquina Maria do Espírito Santo, conhecida por Marica do padre Luis e com esta, formou família com mais cinco filhos (Luis, Joaquina, Maria, Francisca e José), conforme o descrito em seu testamento, provido, aliás de inúmeros bens, e datado de 9 de outubro de 1862. Em um dos poucos livros de óbito que ainda existem na secretaria da paróquia de São Vicente Ferrer de Lavras da Mangabeira (1839-1864, fls, 317-318), vê-se o registro de encomendação de sua alma, com 54 anos, pelo pe. José Maria Freire de Brito (padre encomendado), no dia 3 de março de 1863.
   Sobre o referido testamento, recaem interessantes passagens, assim, ricamente trabalhadas no clássico São Vicente das Lavras (Fortaleza, 1984), autoria de um dos maiores historiógrafos nascidos do Ceará: Joaryvar Macêdo, lavrense do Calabaço. Dessas passagens, sobre seu testamento, salienta-se o que aqui se transcreve do referido ensaio, a respeito de algumas vontades do pe. Luís: "Quero que o meu corpo esteja vestido como se eu fosse celebrar, isto é, com sapatos pretos, meias de seda preta, batina, alva, cordão, estola, manípulo e casula, o que tudo tenho. Quero também que se me ponha na mão um cálice de prata, só tirando quando eu tiver de ser sepultado."
   Proveitoso se faz ressaltar, ainda, que uma grande quantidade de objetos de ouro e prata foram deixados pelo sacerdote, assim como cerca de 450 cabeças de gado bovino, 5 engenhos no termo de Lavras (São Caetano, Bacupari, Canabrava, Limoeiro e Caraíbas), várias propriedades (Calabaço, Fundão, João Ribeiro, Bacupari do Baixio, Pimentas, Cachoeira, Alagoa Nova, Olho d'água - os três últimos em Sousa, PB), além de 300 braças no sítio Logradouro, sendo que nestas haviam grande quantidade de utensílios e implementos, assim como açudes e 12 escravos.
   De Marica de pe. Luis, que após o trespasse do sacerdote contraiu núpcias com Antônio Caetano de Galiza, narra-se que às madrugadas das sextas-feiras, transformava-se numa mula que percorria as estradas do riacho do Rosário, onde escaramuçava-se e espojava-se. Em face da mancebia em que viveu com o padre, tornara mal-assombrado o trecho do sítio em que moravam, no qual segundo a crendice popular, era comum aparecerem visões. A respeito do funeral do padre, contava-se ter sido acompanhado por gatos pretos e urubus do Calabaço até a matriz de São Vicente Ferrer, e desta, ao cemitério, por garças. Estórias de botijas enterradas eram apregoadas ainda, porém nunca se viu alguém ter tido proeza à façanha, porquanto, poucos se arriscariam a desenterrá-las visto à suposta aparição de um velho padre de barbas longas, lançador de fogo pela boca.
   Todavia, seu testamento foi passivo de requerimentos. Em 25 de julho de 1863, D. Joaquina Francisca de Sá reivindicava bens na qualidade de "sucessora de seu finado filho...", declarando renunciar à metade da herança à amásia Maria Joaquina do Espírito Santo, embora estivesse no testamento instituído como herdeiros universais seus cinco filhos. A convenção amigável, entrementes, dizia respeito apenas aos bens deixados pelo vigário, requeridos por sua mãe, e mais nada...


(*) Professor, pesquisador.


Ver mais em: lavrasce.blogspot.com

Nenhum comentário:

Como Participar da Rede Blogs do Cariri Para participar da Rede Blogs do Cariri, você precisa inserir 3 códigos html em seu BLOG: Código de Membro da Rede: Basta inserir o código abaixo na aba direita do seu Blog, que o identificará como membro. Todos os sites da rede, inclusive o site central possuem esse código, que faz aparecer um pequeno selo que diz "Este Site faz parte da Rede Blogs do cariri". Esta logomarca é quem identificará as atualizações que seu site teve nas últimas horas e atualizará nosso banco de dados automaticamente, gerando mais publicidade para seu site. Sites atualizados garantem mais visitas e mais publicidade. O código está em linguagem HTML e deve ser inserido na aba direita como novo elemento HTML do seu Blog. O código pode ser baixado do link abaixo: http://www.instrumentalbrasil.com/redeblogs/codigologo.txt O Código de Classificados: O segundo código é o dos classificados da Rede. Um dos grandes objetivos da Rede Blogs do cariri é promover a integração do Cariri e Centro-Sul do estado do Ceará. Criamos um sistema de classificados e Mural, no qual os internautas de várias cidades podem se comunicar entre si, e divulgarem seus produtos, serviços, mesmo de quem nem faz parte da Rede. Isso é muito importante para promover a integração. Adicione o código HTML dos classificados abaixo também na aba lateral do seu Blog. O Cariri, o vale do Salgado e Centro-Sul ficarão integrados. Todos os Blogs da rede devem colocar os classificados, assim, todos saem se beneficiando, pois classificados atraem internautas. O código pode ser baixado aqui: http://www.instrumentalbrasil.com/diversos/muraldeclassificados.txt O MAIS IMPORTANTE: É necessário a colocação do Código da Rádio Chapada do Araripe, que pode ser pego no link abaixo: http://www.instrumentalbrasil.com/redeblogs/codigoplayer1.txt Dihelson Mendonça Contatos: blogdocrato@hotmail.com www.blogdocrato.com