Mapa de Atuação da Rede Blogs do Ceará

http://3.bp.blogspot.com/-_AFaHjIsxkw/TdVWEdC6R0I/AAAAAAAAXQg/BJ4y3nC8rDo/s1600/redeblogsdoceara2.jpg

segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Aurora - Artistas Ilustres


Por: João Tavares Calixto Júnior.

  
     Berço de respeitável penca de personas gratas à cultura cearense, o município de Aurora, fronteiriço das regiões centro sul e cariri do estado, conta honrosamente em seus anais artísticos, uma história gloriosa.        
    Aproximando-se a data em que se comemora a alforria enquanto município, a terra que se ensopa d'águas doces do salgado, respira hoje um misto de ares culturais merencórios e coetâneos.
     Saudosismo se vê, em exemplo, quando se dita lista de artistas brotantes de seus rincões, que não mais conosco estão, ainda que a obra de contribuição marcante entre os vivos o esteja. Na contemporaneidade, é Aurora mãe de lendas vivas. Das que se figuram em seus meios, entre as maiores do país! 
     Este oxigênio de mistura temporal-cultural que se respira é motivo de orgulhamento para os filhos da terra. Num momento de expansão da dimensão de apoio à cultura na qual se encontra o lugar, vê-se na orbe dos famosos, discretos aurorenses, que se destacam sem perseguir notoriedade. Exemplo este é Geraldo Simplício, o Nêgo. Artista plástico renomado, conhecido por ser pai de técnica pioneira em esculpir rochedos. Nascido em Aurora a 24 de fevereiro de 1943, Simplício integra um clã de artistas, sendo vários com contribuição autóctone no município. Cizim e Zé Simplício não me deixam errar. O aurorense que há 40 anos vive na cidade serrana de Nova Friburgo, no Rio de Janeiro, tem em sua residência - Km 53 da estrada Teresópolis-Nova Friburgo - um jardim com esculturas gigantescas talhadas em barrancos que se encobertam com musgos nativos, dando impressões únicas ao trabalho. 
     O menino pobre que saíra de Aurora para o mundo ganhar, recebera antes, do saudoso Padre Luna, elementar alcunha: Nêgo. E assim ficou batizado, antes mesmo de ingressar no monsteiro de São Bento, onde seria reconhecido como escultor de talento.
     Fez Geraldo Simplício em 1966, a sua primeira exposição ainda em Crato, no Ceará, e antes de mudar-se para o Rio de Janeiro. Expôs ainda na capital cearense em 1967 e em 1968, foi a vez da capitania que deu mais lucro aperceber as obras do futuro grande artista a se criar, e em dupla ocasião, na capital pernambucana, viu-se exposição de Nêgo no IBEU e na EMPETUR.
     É Geraldo hoje dono de um jardim considerado único no mundo, com trabalhos conhecidos por gente das partes distantes do planeta, que sabem através da existência do Nêgo, a importância do município de Aurora, no Ceará, como importador de excepcional talento singular.

Família - Jardim do Nêgo
Nêgo e escultura - Jardim do Nêgo

     Aurorense outro que grande renome e fama trajava, atendia por Aldemir Martins. Deixou triste o país em 2006, a 6 de janeiro, por receber pedido de morar no céu, e aceitar. Em Ingazeiras, distrito aurorense, nascia que por coincidência do destino, a 8 de novembro do ano da maior manifestação artística da história tupiniquim - 1922 - um artista pronto, e com polivalência. Filho de Miguel de Souza Martins e Raimunda Costa Martins, foi Aldemir viver com a família no município de Pacatuba, aos 11 de idade. No Colégio Militar em Fortaleza, já se destaca em 1934, por habilidades com desenhos. Ganha seu primeiro prêmio em concurso promovido ainda no exército, quando serviu de 1941 a 1945. Trabalha no início da década de 40 como ilustrador em jornais e revistas, e juntamente com outros artistas, funda o SCAP (Grupo Artys da Sociedade Cearense de Artistas Plásticos). 
     Para São Paulo, muda-se em 1946, onde se fixara de vez, apesar de viver em Roma entre 1960-1961. Começa-se então, o amadurecimento do estilo que lhe seria peculiar por sempre: A retratação do Nordeste e a transgressão. Ora com lirismo, ora com dramatização e aspereza, o artista transcreve o "Norte" e o "ser brasileiro" e participa de vários salões pelo Brasil, angariando prêmios e derramando voga. Notória era já a obra do rapaz Nordestino, que trazia a Nordestindade à tona brilhantemente. Foi considerado por muitos como um dos maiores artistas plásticos brasileiros da história, e o maior desenhista do mundo (Bienal de Veneza - 1956), até parar, em 2006, deixando este lado da existência na capital argentina.


Aldemir Martins
Aldemir Martins - Cangaceiro (1988)

Ver também em: lavrasce.blogspot.com

Dia do Município de Penaforte


Av. Ana Tereza de Jesus liga o Centro da Cidade de
Penaforte  a BR 116 - foto Wilson Bernardo

O Município de Penaforte inicialmente denominou-se de Baixio do Couro, recebeu o nome de Penaforte, em homenagem ao ilustre filho de Jardim, o Cônego Raimundo Ulisses Penaforte.

Era este, figura destacada do clero cearense, jornalista, orador primoroso, autor de vários trabalhos de real mérito sobre assuntos religiosos, filosóficos e históricos, além de pertencer a inúmeras associações culturais brasileiras e estrangeiras.

O município de Penaforte foi desmembrado do de Jati, que também fizera parte do território de Jardim. Seu povoamento está ligado ao intercâmbio entre Pernambuco e Ceará, graças à sua posição fronteiriça e de parada para muitos viajantes que enfrentavam as poeirentes estradas em busca do Cariri cearense.

Dentre as famílias dos primeiros povoadores destacam-se os Matias, Ângelo, Leite e Ferreira.

O povoado de Baixio do Couro foi elevado a categoria de Distrito com a denominação de Penaforte, pela lei estadual nº. 1.153, de 22/11/1951, subordinado ao município de Jati.

Elevado à categoria de Município com a denominação de Penaforte, pela lei estadual nº. 4.224, de 31/10/1958, desmembrado de Jati.

O Município de Penaforte foi instalado em 03/03/1959, com a posse do primeiro Prefeito Municipal o Sr. Cicero Targino. 



Em divisão territorial datada de 2003, o Município é constituído de 3 distritos: Sede, Juá e Santo André.

O atual Prefeito de Penaforte é o técnico em agropecuária Luis Fernandes Bezerra Filho  (PSB) e seu vice é o comerciante Avelar Pereira (PCdoB).

Penaforte é o município mais meridional do Estado do Ceará.

domingo, 30 de outubro de 2011

Mais uma vez tentam espalhar MENTIRAS e DESINFORMAÇÃO na cidade do Crato !


O objetivo é um só: Tentar atingir o Prefeito Samuel Araripe.

Um bate-boca ocorrido na câmara de vereadores na última semana, está servindo de lenha para que os velhos cães raivosos possam espalhar a mentira, a desagregação e as desavenças na cidade do Crato, de forma irresponsável. Só que dessa vez tudo foi gravado e filmado. Este é mais um enredo barato em que o ódio desmedido de alguns, tenta atingir a Administração Samuel Araripe por tabela, que diga-se de passagem, não tem nada a ver com o peixe. Na verdade, o prefeito Samuel é o alvo mais um avez de nada mais, nada menos do que a velha politicagem baixa, existente na cidade do Crato e alhures.

Tudo começou na câmara de vereadores, quando a vereadora Mara Guedes, em uma discussão banal, com o vereador George Macário, tentou fazer ilações no seu discurso, puxando o foco do tema em questão, para a Sra. Almina Arraes, uma respeitável senhora da cidade, na tentativa de ressussitar um assunto que já havia sido esgotado, quando criou-se na câmara uma polêmica ( ou um debate ) sobre os temas: Loucura e Senilidade. Bastou isso para os mal-intencionados de plantão se apressassem em propagar no Crato e na Internet que o George havia dito que a sua parenta, a Sra. Almina estaria louca. Mas que Absurdo !!!

Ora, que interesse o vereador George Macário teria em falar mal da sua própria parenta, já que ele mesmo é o autor de uma das maiores homenagens feitas à Ana Arraes ocorrida recentemente ? a tão sonhada medalha Bárbara de Alencar, somente concedida aos grandes da nossa geração ???

Loucura é uma coisa, Senilidade é outra. O problema todo é que a vereadora Mara Guedes ainda está marcada por uma briga recente sobre este tema com o vereador Dárcio Luiz. Mas a vereadora Mara não deve ser responsabilizada ( em tese ) pela criação deste circo. Ela apenas foi o pivot. O maior mal é de quem deturpa o que foi dito lá, cometendo a injustiça.

Muitas pessoas não estão sabendo da missa o terço e ficam falando besteira e propagando inverdades de "Ouvi Dizer", só que dessa vez, tudo foi gravado, filmado e o George virá a público ainda hoje ( Domingo ) a fim de restabelecer a verdade, e irá discutir o tema na Segunda-Feira na câmara municipal, e segundo ele, mostrar o mal que a Vereadora Mara Guedes e os capatazes de plantão tem feito à sua família nos últimos dias na cidade do Crato, pois a sua própria mãe está sendo maltratada com ligações telefônicas em altas horas da noite, quando "criaram um CIRCO para tentar manchar a honra da família Macário de Brito e os Arraes no Crato por razões politiqueiras" ( palavras do George ).

Agora, é uma SACANAGEM EM ALTO GRAU o que alguns estão fazendo, propagando a DESINFORMAÇÃO e a MENTIRA para tentar atingir por tabela a administração de Samuel Araripe, que não tem nada a ver com o bate-boca que rola no dia-a-dia da câmara do Crato, as desavenças e picuinhas entre os vereadores.

Ainda bem que estou sempre por lá na câmara, temos todas as gravações das sessões, e o que eu falo não é coisa de ouvi dizer, nem mentiras dos raivosos de plantão. Por outro lado, reafirmo que esse é apenas mais um circo arquitetado para tentar atingir o prefeito Samuel Araripe em coisas que "Só no Crato Mesmo"... propagado por daqueles que só passam o tempo em criar mentiras e espalhar inverdades sobre fatos que não presenciaram, não ouviram gravações e não viram como a coisa toda aconteceu.

O vereador George Macário garantiu a mim que vai entrar na Justiça com um processo contra a vereadora Mara Guedes já nesta Segunda-Feira, por esta haver provocado todo esse mal-estar no seio da sua família, causando ainda problemas a uma senhora idosa e reconhecida, e as repercussões que o caso está tendo na cidade do Crato. E se eu fosse o prefeito Samuel Araripe, entraria com um também contra aqueles que o querem envolver nesse engodo.

Só podemos compreender essa postura mentirosa, como o velho desespero e o ódio mortal que leva alguns plantonistas a ficarem cegos, envoltos em suas próprias fábulas que inventam, a fim de iludir-se e tentar iludir a população. Mas felizmente a verdade aparece, e desta vez, com filmagens vivas e coloridas que serão divulgadas em breve. Chega de Mentiras e de tentativas de manipular a opinião pública.

Mentira é uma tremenda falta de Respeito. Aquele que mente, o que inventa, o que propaga a mentira, o Mentiroso, é antes de tudo, um Mau Caráter.

Dihelson Mendonça

sábado, 29 de outubro de 2011

FUGITIVO DA CADEIA PÚBLICA DE BARBALHA -CEARÁ, JUNIOR POPÔ , É PRESO COM COMPARSAS EM JUAZEIRO-BA



Conforme anunciamos em primeira mão a noticia da prisão de Junior Popô:
Em ação conjunta das policias civil de Juazeiro e do Ceará quatro homens foram presos na tarde de hoje (28), entre eles o fugitivo cearense José Junior Cândido, vulgo Junior Popô, acusado de tráfico e TCO (Termo Circunstanciado) e confesso de homicídio praticado em 2009 contra o irmão de um vereador da cidade de PenaForte-CE . Popô assumiu outros crimes e afirmou ter fugido da prisão em Barbalha-CE, onde ficou preso durante 10 meses e 20 dias, porque temia ser morto, já que é acusado de outros crimes, entre eles de praticar ameaças ao atual prefeito de PenaForte e a um Major da Polícia Militar. O delituoso também assumiu que estava em Juazeiro há oito dias e recebeu a cobertura de outros três homens, também acusados de tráfico de drogas, falsidade ideológica e estelionato, residentes do bairro João Paulo II. Dois deles: Edilson José da Silva e Wallace Barbosa da Silva, de 21 anos, são pai e filho, respectivamente, e mantinham uma marcenaria de fachada, no bairro, onde foram encontrados uma pistola 9 mm, de uso restrito, R$ 2.265,00, 280 gramas de cocaína, 42 munições, 2 telefones celulares, 3,5 kg de maconha e pedras de crack. Junto com o quarto acusado: Valdemicio Fernandes de Andrade foram encontrados documentos falsos, como Carteiras de Identidade, Carteiras de Trabalho, Carteiras de Motorista (CNH) e CPF. Duas motos também foram aprendidas com os acusados.
Popô já vinha sendo monitorado pela polícia e aguardava julgamento pelos crimes cometidos, já os outros acusados negaram qualquer envolvimento com ele, e não confirmaram a posse do material apreendido. Um forte reforço policial do Ceará veio até Juazeiro para prender o acusado, sob o comando do delegado de polícia, Julio Agrele, que também recambiará Popô com um forte esquema de segurança.
Os outros três acusados serão encaminhados para o Conjunto Penal de Juazeiro, aguardando decisão judicial.
 
Por Mônia Ramos  
Blog da Trilha radical de Penaforte/Blog quersaberpolitica.com.br

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

PSDB de Acopiara quer a perda de mandato da vereadora Sheila Diniz

O PSDB de Acopiara ingressou ontem perante a Justiça Eleitoral com pedido de decretação da perda do cargo eletivo da vereadora Sheila Regina Albuquerque Diniz.

A parlamentar se desfiliou do Partido sem justa causa e se filiou ao DEM, partido de seu esposo, o ex-vereador Itamar, e aliado do grupo do atual prefeito de Acopiara, Antonio Almeida Neto.

Com a sua desfiliação, a vereadora desfalcou a bancada do PSDB na Câmara de Acopiara e, assim, impôs ao Partido o direito de reclamar a sua vaga.

O processo de perda de mandato por infidelidade partidária está previsto na Resolução nº 22.610/2007 do TSE e deverá ser julgado no prazo máximo de 60 dias.

Se julgado procedente, assumirá a vaga da infiel o suplente de vereador Afrânio Luiz Holanda de Albuquerque, irmão da ex-prefeita Sheila Diniz.

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Prefeito, esposa e cunhada lideram gastos com diárias pagas pela Prefeitura de Acopiara

O prefeito, a esposa e a cunhada continuam liderando os gastos referentes a diárias pagas pela Prefeitura Municipal de Acopiara. Os três juntos gastaram a quantia de R$ 47.166,50

Somente este ano no período de janeiro a agosto foram quase R$ 100 mil.

Clicando nos links abaixo o internauta poderá acompanhar os detalhes de gastos de cada um dos 60 favorecidos.

Os dados foram obtidos junto ao Portal da Transparência do Tribunal de Contas dos Municípios - TCM.




ANTONIO ALMEIDA NETO 26.036,00 

ROSMARI HOLANDA GURGEL ALMEIDA 12.427,50 

TEREZA CRISTINA MOTA DE SOUZA ALVES    8.703,00  




Relação completa de beneficiários aqui...

terça-feira, 25 de outubro de 2011

População reclama, mais não comparece em audiência para debater a falta de água em Potengi

Juiz Substituto, Dr. Welithon Alves de Mesquita poder judiciario - Dr. Sergio Henrique de Almeida Leitão, Promotor de Justiça/Foto Ivanildo Souza- "O encontro teve como propósito discutir a problemática do abastecimento de água que, há mais de quinze dias sofre interrupções."

Representantes do Poder Judiciário, Companhia de Água e Esgoto do ceará (Cagece), além de membros da sociedade civil participaram de uma audiência pública nesta segunda-feira (24), às 14hs no Fórum de Potengi. Vários foram os pedidos de manifestações e reinvidicações por parte dos consumidores de Potengi cobrando a falta de água a CAGECE responsavel pelo abastecimento de água no municipio. O problema realmente foi constatado o qual já sabemos que o atual fornecimento de água pela CAGECE demonstra-se insuficiente para abastecer as residências dos consumidores, que estão sofrendo estes prejuízos e danos no municipio potengiense há mais de 15 dias. 

Porém a população reclama, mais não comparece em audiência como era esperado para debater a falta de água em Potengi. O desinteresse em discutir tal assunto, seja por omissão ou outro aspecto foi lembrado no decorrer da audiência pelos advogados.

A CAGECE fez sua parte enviou seus representantes para solucionar o problema onde compareceram ao Júri do Fórum Dr. Luiz Rodrigues Neto, na tarde desta segunda-feira (24), os representantes da empresa , Srs Marcelo Gutierres Wuerzius, Gerente, e Rogério de Oliveira Monteiro, Coordenador Técnico, bem como de representantes da sociedade civil local além da presença do Juiz Substituto, Dr. Welithon Alves de Mesquita poder judiciario, assim como também do o Ministério Público, na pessoa do Dr. Sergio Henrique de Almeida Leitão, Promotor de Justiça que correspondem a comarca deste município.

Advogados/Drº.Jorge e Drº.Normando - Srs Marcelo Gutierres Wuerzius, Gerente, e Rogério de Oliveira Monteiro,Técnico, Nascer Brilhante Potengi/Foto Ivanildo Souza.

A Audiência Pública anunciada para tratar o assunto deveria ter tido grande representatividade da comunidade que são os mais prejudicados, que pagam suas contas normais em dias e não tem água em suas residências . A iniciativa partiu do advogado Jorge Luiz Guedes Granjeiro preoculpado com a sociedade que solicitou providências na audiência para chamar a atenção do Ministério Público e representantes da CAGECE somando apoio do seu colega e amigo Drº Normando também advogado.

No inicio da audiência o Juiz agradeceu a presença dos participantes e fez uma explanação do objetivo da audiência, no que diz respeito a ausência de água potável nas residências locais o que também concedeu a palavra aos interessados para que justifiquem o pedido.

O Dr. José Normando de Souza, advogado, falou dos problemas que a cidade de Potengi vem tendo com a falta dágua e pediu que fosse esclarecido sobre a maneira de distribuição de água na cidade, alegando que sua rua estava com 25 dias sem abastecimento normal de água, dizendo que está com mais de 2 anos que pediu uma ligação de uma rede de água e até o presente momento não obteve resposta da cagece.

 O encaregado da CAGECE local, Sr. Nascer informou que a ampliação a qual se referiu o Dr. Normando, já foi liberada.

O GERENTE se manifestou explicando as limitações de uma empresa pública, mas que já vem trabalhando para melhorar o abastecimento de água local,  dizendo também que existe projeto do governo federal a exemplo do (PAC 2) para universalização da distribuição de água e que Potengi se encontra entre os Municípios que serão beneficiados.

O Juiz determinou que se oficiasse à FUNASA para informar acerca das medidas administrativas que estão sendo realizadas para elaboração de diagnostico da rede de água e esgoto da cidade de Potengi com recursos provenientes do PAC 2.

A CAGECE reconhece que não existe sistema de esgotamento sanitário na cidade de Potengi, porém reconhece que existe deficiência no abastecimento de água.

O tecnico da CAGECE informou que o equipamento da CAGECE na cidade já tem uns 30 anos, e que o problema de água decorre do sistema de filtração, que não adianta somente um kit de bomba novo. Foi informado também que  a CAGECE já tem um projeto básdico executivo para aquisição e montagem de filtro, faltando somente o edital de licitação.

O Promotor de Justiça se manifestou sobre a deficiência do serviço fornecido pela CAGECE, mas que na hora de cobrar esse serviço a CAGECE não tem nenhum controle o qual foi concedido o prazo de 30 (trinta) dias para a CAGECE montar o edital de aquisição dos equipamentos para o sistema de abastecimento de Potengi, prazo esse que começará a correr a partir desta terça-feira (25).

O Promotor de Justiça também sugeriu que fosse feito um termo de ajustamento de conduta, consistente no deslocamento da verba oriunda de sentença de condenação na Cidade de Araripe para esta cidade de Potengi, haja vista a condição da Comarca de Potengi vinculada à Comarca de Araripe.

O Sr. Marcelo se comprometeu a consultar o órgão competente da CAGECE acerca do andamento do cadastramento de Potengi no projeto de universalização do sistema de água e esgoto e também comunicar à população quando houver problema na distribuição de água.

O advogado Dr. Jorge Luiz solicitou que fosse oficiado ao Municipio para enviar cópia dos pedidos de ampliação de rede no Município que ainda se encontram sem atendimento, tendo o MM. Juiz deferido tal pleito, determinando ainda que,  com a juntada de tal expediente a estes autos, seja encaminhado ofício à CAGECE  solicitando posicionamento sobre as providências adotadas.

Foi esclarecido ainda pelo Sr. Marcelo que a ampliação da rede depende de solicitação escrita encaminhada ao escitório local pelo representante da comunidade. 

Na ocasião, Sr. Antonio de Agercilio (Foto) presidente da Associação da Vila Saraiva requereu a ampliação da rede da Vila, ficando desde já a CAGECE devidamente cientificado de tal pleito para fins de realização de estudo.

O MM. Juiz mandou que seja oficiado ao Poder Executivo solicitando que, logo que um projeto de ampliação de rede for liberado pela CAGECE, o Município envide os esforços necessários para realizar a escavação para a tubulação.

Segundo os clientes ruas que antes estavam com o abastecimento regular sofrem de vez enquando com a suspensão do fornecimento. A CAGECE local informou que esta sendo feita manobras operacionais para garantir que a água chegue em todos os bairros. Eu inclusive estive vistoriando de perto alguns locais, residências a exemplo da Casas Populares e Vila Saraiva vem sofrendo mais com este problema o que aumenta devido o reservatório das casas serem também muito pequenos o que pode agravar ainda mais.

Esperamos portanto e continuamos com a  esperança de que o serviço possa melhorar. Na redação do site www.potenginainternet.com.br recebemos via e-mail também diversas denúncias que relatam que o abastecimento não é satisfatório em alguns pontos da cidade.

Durante a audiência foram ainda citadas nomes de outras cidades com problemas parecidos a estes ou mais graves a exemplo do município de Salitre, Araripe e Campos Sales. Não é de hoje que a sociedade destes municípios pagam muito caro pelos serviços irregulares. A pergunta agora é a seguinte : Com toda esta burocracia será que até lá esses moradores, que pagam seus impostos, terão direito um dia de ter água em suas casas sem ter que reclamar da CAGECE?

Ambas as partes que estiverão presente na audiência se mostrou interessada em debater e propor soluções o qual a população potengiense deverá continuar aguardando no prazo de 30 dias.

Por/Ivanildo Souza/Blog

Prefeitura de Acopiara deve explicação sobre propaganda volante de motocicleta



A Prefeitura Municipal de Acopiara ainda não explicou para a população como foi possível uma motocicleta fazer 590 horas de propaganda volante em apenas um mês. 

O blog fez os cálculos e chegou a conclusão que para conseguir a façanha a motocicleta precisaria rodar pelo menos 19 horas e seis minutos por dia, durante os 30 dias do mês. 

Como é do conhecimento dos moradores da cidade, os veículos volantes só podem percorrer as ruas da cidade nos períodos de 08 às 12 horas e de 14 às 18 horas. Domingos e feriados não é permitido o uso de som volante nas vias públicas.

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Melquíades Pinto Paiva - Emerson Monteiro


Neste dia 21 de outubro de 2011, sexta-feira, às 20h, será a vez do agrônomo cearense Melquíades Pinto Paiva preencher uma das cadeiras do Instituto Cultural do Cariri, em sessão solene que ocorrerá na sede da agremiação em Crato, de portas abertas ao público.

Natural de Lavras da Mangabeira, filho de José Rodrigues Tavares Paiva e Creusa Pinto Paiva, Melquíades nasceu em 06 de março de 1930. Pertence ao clã dos Augustos, núcleo familiar originário da matriarca sertaneja Fideralina Augusto Lima.

Nos anos 1957 e 1958, ele estagiou no Museu Nacional, no Rio de Janeiro, especializando-se em Ictiologia. Cientista respeitado, obteve o título de doutor em Ciências, através do Instituto de Biociências da Universidade de São Paulo. Na Universidade Federal do Ceará, foi o diretor-fundador do atual Instituto de Ciências do Mar (1961 a 1976) - Labomar, e o primeiro chefe do Departamento de Engenharia de Pesca (1973 a 1976), havendo contribuído para a implantação do curso de Engenharia de Pesca da UFC. Agora, é diretor-emérito do Instituto de Ciências do Mar (desde 2003).

Outros títulos de sua vida acadêmica: Professor visitante na Universidade Federal do Rio de Janeiro, lotado no Departamento de Biologia Marinha (1992 a 1998); pesquisador bolsista do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (1993 a 2003); e coordenador da equipe responsável pelo levantamento dos dados pretéritos referentes a recursos pesqueiros, estuarinos e marinhos do Brasil, junto ao Programa de Recursos Vivos da Zona Econômica Exclusiva, conduzido pelo Ministério do Meio Ambiente, dos Recursos Hídricos e da Amazônia Legal (1996). Permanece desenvolvendo atividades de natureza científica e técnica.

No ano de 1944, Melquíades Paiva estudou no Cariri, sendo aluno do então Ginásio Diocesano do Crato.

Intelectual e escritor de largo prestígio, são de sua autoria centenas de artigos científicos e obras quais: Nordeste do Brasil, Terra e Gente; Ecologia do Cangaço; Conservação da Fauna Brasileira; Administração Pesqueira do Brasil; Represas e os Peixes Nativos do Rio Grande; As Bacias do Paraná – Brasil; Breves Memórias do Espaço e do Tempo; A Contribuição Portuguesa para o Estudo das Ciências Naturais do Brasil Colonial; Fauna do Nordeste do Brasil; Grandes Represas do Brasil; Os Naturalistas e o Ceará; e Trabalhos Esparsos, Agora Reunidos; isto para citar apenas algumas das publicações desse autor destacado, que representou o País em 19 missões científicas internacionais e desempenhou importantes delegações junto a órgãos da comunidade mundial em nome da Ciência brasileira.

Melquíades Pinto Paiva ocupa cadeira também no Instituto do Ceará e na Academia Lavrense de Letras, dentre outras instituições culturais.

Iguatu vai ganhar a primeira TV Online da região Centro Sul do Ceará


Uma rede de blogs se prepara para colocar no ar nos próximos dias a primeira TV Online de Iguatu e da região Centro Sul do Ceará. 

A idéia inovadora surgiu há alguns meses através de alguns radialistas, jornalistas e publicitários de Iguatu que entendem haver a necessidade da implantação urgente deste serviço. 

O local para a implantação deste equipamento já foi providenciado e os equipamentos estão sendo montados e testados para a criação da nova estação.

A transmissão da primeira TV Online de Iguatu vai obedecer a uma série de critérios e padrões modernos, dentre eles, estrutura de internet de alta qualidade para que o internauta possa receber uma imagem bem definida em seu computador.

Quem possui uma TV mais sofisticada também poderá acompanhar a programação ao vivo. Para isso basta conectar um cabo ao seu computador ligando-a a TV. 

Com a criação da primeira TV Online de Iguatu surge uma nova forma de fazer jornalismo com responsabilidade, credibilidade e criatividade.

Uma equipe de profissionais envolvendo repórteres, cinegrafistas e jornalistas já está sendo capacitada para fazer parte do maior equipamento de comunicação da região.

Parceiros com o Justin TV e Ustream.Tv serão fundamentais na viabilização deste projeto inovador e ousado.

Aguarde mais novidades!

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Audiência Pública dia 24 de outubro irá debater problemas da falda de água em Potengi

A população de Potengi participa neste dia 24 de outubro, às 14hs de uma Adiência Pública marcada no Fórum Dr. Luiz Rodrigues Neto local para discutir em debate a falta de abastecimento de água no município de alguns bairros e residências.
 
A iniciativa em solicitar providências é do advogado Jorge Luiz Guedes Granjeiro que depois de algumas reclamações e denuncias dos consumidores pretende sanar junto aos responsáveis da CAGECE, - Companhia de Água e Esgoto do Estado do Ceará o problema que vem lesando os moradores dos bairros e algumas ruas devido a falta de água potável em suas residências.

Segundo informações do advogado há mais de 10 (dez) dias a empresa CAGECE vem executando seus serviços de forma inefiente, posto que grande parcela do município principalmente da Vila Saraiva , Vila Campos entre outras na zona urbana está praticamente sem fornecimento de água potável.

Moradores a exemplo do Srº Gonçalo que reside na Rua-Monsenhor Rocha afirmou ontem ficar até quinze dias sem o abastecimento.  Segundo relatos da população que compareceu no escritório da CAGECE, os representantes legais da impresa acionada informam que estavam aguardando a chegada de um novo motor para novamente abastecer satisfatoriamente a população, pois o motor que atualmente está disponível não consegue abastecer todo município devido a demanda hoje existente.

A situação é a ainda pior em determinados trechos, pois os atuais equipamentos da acionada, que estão obsoletos, não conseguem impulsionar o fornecimento da água a todas as residências desta cidade. Assim, para que a água chegue em determinados pontos da cidade, é necessário que seja abastecido o centro e outras localidades. Desta forma, um determinado número de consumidores sofre ainda mais os prejuízos, pois passam mais dias sem água potável, como por exemplo as residências localizadas no final da Rua-José Edmilson Rocha, que nas situações atuais somente conseguem ser abastecidas por último, ou seja, depois de abastecidas as residências que ficam nos trechos anteriores.

CAGECE-Potengi/Foto Ivanildo Souza 

Assim, o atual fornecimento de água pela CAGECE demonstra-se insuficiente para abastecer as residências dos consumidores, que estão sofrendo estes prejuízos e danos com a atitude negligente da acionada, que se mantém insensível e morosa em solucionar esta pendência apontada.

Diante dos fatos narrados, vem o signatário bater às portas do Poder Judiciário, para que providências legais sejam adotadas no sentido de convocar os responsáveis pela CAGECE em Potengi, para que em audiência pública se comprometam a regularizar a prestação de seus serviços, de forma que venham a atender as necessidades da população potengiense.

A participação de todos é importantíssimo para que o problema seja resolvido rapidamente haja visto que em alguns tempos atrás ouve um maior problema que era no motor da CAGECE o qual não bombeava água para alguns bairros do município, o que disseram na época que seria substituído por outro até então.

AÇÚDE PAU PRETO/Foto Ivanildo Souza

Para normalizar esta irregularidade do abastecimento de água a audiência pública contará com a presença do Legislativo, Executivo e representantes de associações, secretarias municipais, representantes da CAGECE e da população com finalidade de discutir às demandas e tirar as dúvidas da comunidade, pois o acesso á água de qualidade é um direito humano e todos nós, devemos tratar com seriedade já que a população para caro por este serviço, pois as contas chegam em dia em suas residências, o que falta mesmo é água nas torneiras pois Potengi conta com um açude e também uma barragem para abastecer o município que graças a Deus tem água de sobra.


Por Ivanildo Souza/Blog
Site;www.potenginainternet.com.br

domingo, 16 de outubro de 2011

Hoje é aniversário do Radialista e amigo M.Filho da Rádio Cidade de Campos Sales 630KhzAM

Quem faz aniversário neste domingo (16), é o amigo e radialista M.Filho apresentador do conceituado programa "Show da Manhã" agora com participação no "Jornal do Meio Dia" da Cidade e também grande narrador esportivo.

Sempre irreverente no rádio a voz da rádio Cidade esta de parabéns por trazer todas as manhãs, as notícias e informações de fatos que movem o nossa região do Carirí, o Ceará, o Brasil e o mundo à fora...

Nessa data use e aproveite o tempo ganho para comemorar com aqueles que na vida são bem reais: família, amigos, amores. Divirta-se, saia por aí, invente um feriado na sua rotina. Do contrário, de que adianta acender outra velinha, senão para ter mais uma história pra contar?

Aqui neste humilde espaço, o parabenizo e envio um afetuoso abraço do Ivanildo Souza. 

Parabéns!!! 

Exclusivo! Bombeiros encontra Corpo do jovem desaparecido em obra paralisada da transposição na zona rural de Salgueiro-PE


A equipe do corpo de Bombeiros de Serra Talhada deram inicio na manhã de hoje as buscas pelo o corpo do jovem Erenildo Gomes Alves conhecido por "Nego" que havia desaparecido no inicio da tarde de Sexta-Feira dia  14/10 no canal em construção da Transposição  do São Francisco que passa pelo o Sitio Montevidéu zona rural de Salgueiro-PE.
iniciaram as buscas pela manhã de Sábado , mas só obtiveram exito por volta de meio dia e meio, com apenas um mergulhador, e mesmo com uma extensão grande de água o mergulhador  não media esforços para encontrar o jovem desaparecido e a cada descida uma esperança da família em encontrar o corpo do ente querido,para que pudessem velar o corpo de forma digna, pois já havia quase 24 horas do desaparecimento do mesmo e a família já não tinha esperança de encontra-lo com vida, mas que pelo menos encontrassem o corpo dizia o Pai. Muitos curiosos presente na expectativa de encontra o jovem, alguns achavam que ele não estaria dentro do canal, haja vista que o mesmo estava com problemas mentais e seria internado em um hospital de Serra Talhada-PE.
Enquanto não encontravam o corpo, moradores reclamavam constantemente da falta de respeito com eles,  por que além da  obra paralisada, ainda  não tem um vigia ,fica o canal aberto cheio de água e nem previsão da continuação da obra que em vez de trazer o progresso para os moradores está trazende e trágedia comoesta dizia um morador, deveria era filmar pra todos verem  que esse canal só esta servindo para algumas pessoas tomarem,banho e namorar! relatou outro morador

Participaram deste resgate os soldados, Sd J. Hércules, Sd J.Carlos e Sd J. Coelho (Mergulhador) do CBMPE- 3º GB Serra Talhada-PE.
Equipe do Corpo de Bombeiros de Serra Talhada
Matéria  e Fotos: Carlinhos

sábado, 15 de outubro de 2011

Escândalo dos banheiros: Câmara de vereadores de Iguatu anuncia abertura de CPI para investigar Federação


A Câmara de vereadores de Iguatu vai abrir uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), para investigar a construção de 50 kits sanitários nos sítios Asceno, Angelim e Açude do Governo, todos localizados no Distrito de José de Alencar.

Apesar de o Convênio ter sido realizado entre o governo do Estado, através da Secretaria das Cidades, e a Federação das Associações Comunitárias de Iguatu, o presidente da Casa Legislativa Ednaldo Lavor, disse ser de fundamental importância que se investigue essas obras, pois segundo ele, existem sérios indícios de irregularidades.

De acordo com o presidente da Casa Legislativa, todos os procedimentos foram tomados antes de chegar a essa decisão. “Convocamos o presidente da Federação, o Sr. Vicente Reinaldo, para que o mesmo comparecesse à Câmara para dar maiores explicações sobre as denúncias de irregularidades. Demonstrando uma falta de respeito com o parlamento municipal e conseqüentemente com o nosso povo, ele não compareceu nas sessões. Por isto estamos formando uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) e vamos investigar as ações desta entidade em nosso município”, declarou Ednaldo Lavor. 

Ministério Público investiga o caso

O Ministério Público Estadual, através do promotor de Justiça, Leydomar Nunes, esteve no final do mês de agosto nas comunidades supracitadas, e durante a ocasião pegou testemunhos de moradores, onde os mesmo afirmaram que as obras passaram quase um ano paradas, e somente após as denúncias veiculadas pela imprensa foi que os responsáveis resolveram concluí-las. “O que observei é que devido às denúncias apresentadas pela imprensa foi acelerada a construção dos banheiros nos últimos meses”, disse o promotor.

Ainda de acordo com o MPE, foi pedido a quebra do sigilo fiscal e bancário da Federação das Associações Comunitárias de Iguatu, no sentido de que se apure com maior rigor todo o andamento das obras, inclusive se houve ou não desvios de recursos públicos durante a execução do convênio.

Redação: Luiz Vasconcelos
Com informações do Jornal A Praça

quarta-feira, 12 de outubro de 2011

História do eterno insatisfeito - Emerson Monteiro


Deus do antigo santuário grego, conhecido por Tântalo, lá um dia quis agradar os outros deuses, recebidos em festivo banquete, servindo-lhes carne do próprio filho, isso para testar a ciência deles tudo saber. Tal qual acontece a três por quatro entre seres humanos a fim de obter os favores escorregadios deste chão, vendeu a quem mais gostava numa atitude interesseira... Dominar o mundo e subir nas condições sociais. Matam e arrebentam, pisam a cabeça dos outros e invadem o camarim das vaidades querendo aparecer nas colunas dos jornais.

Pois esse personagem existiu, sim, na cultura grega, passando depois de geração a geração. O deus de nome Tântalo, casado com Dione, possuía três filhos, Níobe, Dascilo e Pélops. Naquele dia do banquete, ofereceu Pélops, aos demais deuses do Olimpo que o visitavam. Na ânsia de obter os favores dos céus, Tântalo antes havia abusado da confiança dos poderosos ao roubar-lhes néctar e ambrosia, substâncias de que necessitava para ser um imortal semelhante a eles.

Nesse caminho de tanta contradição, receberia de troco a punição de jamais poder experimentar o gosto da satisfação dos seus desejos. Após descoberto o delito de Tântalo, Zeus, o principal no comando das hostes superiores, ordenou que o filho oferecido no trágico banquete retornasse a viver, porém que o pai cumpriria, em condenação pelo gesto condenável, a pena de nunca chegar à realização de qualquer sonho que sonhasse. Tão próximo dos objetos do desejo e tão longe do prazer, eis o resumo do que o aguardavam na sequência dos acontecimentos.

Com água no pescoço, não poderia saciar a sede... Olharia frutos deliciosos das árvores da natureza sem, no entanto, desfrutar do direito de saborear-los, forma inominável de suplício, símbolo da insatisfação dos instintos que chamam de a medida do ter que nunca enche. Tântalo e seus descendentes sempre iriam carregar a prova de imaginar ambições, e não vencer o limite que delas o separa, nesta vida material que se desmancha no mar da insatisfação, segundo os gregos de antigamente.

E quantos nadam, nadam, avistando as praias douradas da ilusão, em quimeras fantasiosas, esquecidos que transportam consigo, no íntimo coração, o motivo da felicidade, o Amor, que tudo pode e realiza.

Empresário Valdemir Correia de Sousa comenta o fechamento do SESI do Crato


"Iguatu tem 2 indústrias, uma de móveis e outra se não me engano, de calçados. O Crato, só de cerâmicas, tem 10 cerâmicas, quase 3.000 funcionários. A GRENDENE tem mais 3.000 funcionários. Só aí são 6.000 funcionários. O Crato dá quase 3 Iguatu e não pode ter um SESI e Iguatu pode ? Por quê ?"


Valdemir Correia de Sousa


http://2.bp.blogspot.com/-e02GIz7g160/TpV3T_2XjkI/AAAAAAAAaMo/jJ7xZsV5aL8/s1600/valdemir.jpg

Em entrevista ao Blog do Crato nesta semana, um dos empresários mais bem-sucedidos do Cariri, Sr. Valdemir Correia de Sousa comentou sobre um dos temas que tem causado extrema mágoa aos cratenses, que foi o recente fechamento da unidade do SESI que operava na cidade. Assim se expressou Valdemir Correia:

"O SESI e o SENAI do Crato foram fechados. Em contrapartida, vão abrir outro SESI em Iguatu e outro em Sobral ( NE - gastando 15 milhões de reais, quando o do Crato já estava pronto e funcionando há 40 anos ). Iguatu não tem uma décima parte das indústrias que tem o Crato. Iguatu tem 2 indústrias, uma de móveis e outra se não me engano, de calçados. O Crato, só de cerâmicas, tem 10 cerâmicas, quase 3.000 funcionários. A GRENDENE tem 3.000 funcionários. Só aí são 6.000 funcionários. Ninguém vê isso...

Agora enquanto isso, Iguatu que tem 80.000 habitantes, o Crato tem 130.000, vão botar um SESI no Iguatu e fecharam o do Crato. Porque essa diferenciação de uma cidade pra outra ? O Crato dá quase 3 Iguatu e não pode ter um SESI e Iguatu pode ? Porquê ? Porque aqui tá faltando liderança política que combata esse tipo de perseguição que nós temos.

...Nós não temos nenhum Deputado Federal. O Crato elegeu 2 deputados ( Estaduais ), e os votos para Deputado federal foram todos para candidatos de Juazeiro. Esse pessoal depois que termina a eleição, batem a malinha deles e vão embora e acabou-se, e a gente fica aqui a ver navios sem ter a quem se pegar.

No caso da Universidade, que o ( prefeito ) Samuel foi para Brasília, ver se conseguia alguma coisa, ficou lá sozinho, sem ter quem desse uma mão política. Os deputados tudo lá com os senadores num canto, e Samuel sozinho noutro, como é que uma andorinha só pode fazer verão, no meio de uma turma daquela, um prefeito contra não sei quantos senadores e deputados todos contra a nossa cidade ? Não tinha condições, não é ?

Eu acho que nós estamos precisando aqui é de força política para fazer valer nossos direitos junto ao congresso nacional e aonde for de direito.

Valdemir Correia de Sousa
Empresário

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

O Boqueirão e a Gruta: Origem dos primeiros relatos


Por: João Tavares Calixto Júnior.

A passagem da Comissão Científica de Exploração pela Vila de São Vicente de Lavras

   Acampamento da Comissão Científica de Exploração retratado por José Reis de Carvalho, naturalista e pintor oficial da expedição em 1859 (Acervo do Museu Histórico Nacional)


     Pôs-se a caminho, então, a célebre Comissão Científica de Exploração do Rio de Janeiro ao Siará, às 11 da manhã do dia 26 de janeiro de 1859 a bordo do vapor Tocantins, contratado pelo governo de Pedro II por 15 contos de réis. O maior grupo de intelectuais até então visitante das terras da província cearense, chega a 4 de fevereiro em Fortaleza, cidadela parva com cerca de 15 mil habitantes e 800 casas de tijolo. Ovacionando os científicos, como assim ficaram conhecidos, a multidão curiosa e o governo da época (João Silveira de Sousa era o presidente da província). A comissão, que no Ceará se fez presente por mais de dois anos, foi organizada em cinco seções e composta foi a priori, por Francisco Freire Allemão, encarregado da seção botânica, Guilherme Capanema (Geológica e Mineralógica), Manuel Ferreira Lagos (Zoológica), Giácomo Gabaglia (Astronômica e Geográfica) e Gonçalves Dias (Etnográfica e Narrativa da viagem).

     Era grandioso o tentame. Surreal, utópico, talvez. A maioria assim o achava, principalmente os populares, que tipicamente obedecendo aos costumes provincianos da época, comungavam com a ideia da loucura de se adentrar às matas interioranas quase que desconhecidas ainda. Os visitantes, porém, carregavam a crença dos conquistadores. Traziam a esperança e o entusiasmo na bagagem, objetivando trazer, ao final da expedição, boas novas aos que lhes investiram.

      Depois de seis meses na capital, partiu-se, na quinzena segunda de agosto, a comissão ao interior do Ceará. Era já a época de cresta, e a mata branca e seca fazia jus ao nome dado pelos tupis. Dividiu-se o conluio em três turmas: I - Seções Botânica e Zoológica; II - Seções Geológica e Etnográfica; e III: Seções Astronômica e Geográfica. Pactuou-se o reencontro em Crato, para assim, se refazerem os planos de continuidade da expedição, e ainda para merecido descanso, além de balanço dos resultados. Este evento aconteceu em janeiro de 1860 e contou menos com a presença de Gabaglia, que pela natureza dos trabalhos, não podia apressar-se.


A estada em Lavras da Mangabeira




     Durante a viagem, que edificara um pensamento intuitivo nos comissionários como um verdadeiro sonho áureo-argênteo, se fez a realidade crua a fincar sua presença perante os olhos dos grupais. Eram indícios pobres de ouro em alguns lugares, e quase nada em outros. O Ceará não tinha tanto do metal precioso quanto se iludidamente lhes era julgado.


   Este sonho, conquanto, pode vir a ser considerado como o embrião de toda uma genealogia folclórica fulgurada em invencionices sobre a gruta do Boqueirão de Lavras, resistentes ainda nos dias de hoje. Na época em que a expedição preparava-se na capital para adentrar ao interior, via-se a distribuição e compartilhamento do sonho que opulentou os sertões de jazidas inacabáveis. Essa crença na riqueza mineral séssil supostamente duradoura nessas terras, fez com que o imaginário popular se expandisse e estórias das mais vãs às mais persistentes, se encravaram e enraizaram por poder oferecer riqueza repentina aos que se aventuravam. Estórias como a do carneiro encantado de ouro, baixelas de prata, e sala de luxo atapetada existentes no interior da caverna, podem ser reflexos da semeadura desses tesouros ocultos levados ao interior como um anemocórico.

     Chega, portanto, a Comissão à Vila de São Vicente das Lavras da Mangabeira por volta do dia 21 de novembro de 1860, e vinda de Icó, arranchara-se no local por 12 dias. Durante este período, que se deu até 03 de dezembro, onde partiram em busca do Cariri, os doutores apontaram idiossincrasias. Resquícios foram observados, da época da exploração do ouro que, por carta régia de 12 de setembro de 1758, acabara com tal exploração, por ser já comprovadamente desvantajosa ao Estado e ao erário. "(...) pouco além da Vila de Lavras existem ainda as antigas escavações donde se tirava ouro, porém em pequena quantidade; posteriormente apareceram dois ingleses que formaram uma companhia e começaram a lavrar denovo, mas desapareceram repentinamente e a melhor mina que tinham descoberto foram as algibeiras dos acionaistas."

     Apontou-se o lugar como grande produtor de fumo (8000 arrobas/ano), mais notadamente, além de outras culturas. Voltando às idiossincrasias, a comissão chega ao Boqueirão. É este o momento em que pela primeira vez na história, se escreve, se estuda ou se requer do monumento natural, cunho científico. Trata-se do primeiro registro sobre o Boqueirão de Lavras. E sua gruta também. O Poeta Gonçalves Dias, alcandorado, assim descreve conjuntamente a passagem: "(...) demoramo-nos no Boqueirão, ponto notável por ter ali o Rio Salgado solapado um travessão de rocha silicosa, que corria perpendicular ao rio e servia de dique; com o tempo foram desabando aos poucos os fragmentos desagregados por numerosas fendas verticais com coisa de 120 palmos de altura; e em meia altura na direção das camadas desapegaram-se lascas, que pela decomposição eram esbroadas e despeadas no rio pelas águas infiltradas na rocha, do que resultou uma caverna que se vai estreitando para dentro com 300 palmos de profundidade; nos dois terços do seu comprimento, apagam-se as luzes; para poder penetrar até o fundo ascendeu-se uma fogueira com capim seco (...)"

    Contou-se ainda, sobre a gruta, que seria aproveitada em qualquer outro lugar para a cura de moléstias, pelo suor infalível que se fazia gotejar em quem nela penetrasse. Comentou-se sobre as miriadas de morcegos formando um tapete nas paredes e nos tetos da gruta...

Ver também em: lavrasce.blogspot.com


domingo, 9 de outubro de 2011

Alerta aos profissionais de imprensa e a população - Por Beto Fernandes

Esta postagem é um verdadeiro alerta aos profissionais de imprensa de Juazeiro e do Cariri, bem como a toda a população no que diz respeito à cobertura jornalística de eventos que dizem respeito à inclusão social do surdo.

Chamo a atenção quanto à questão de interpretação de surdos em entrevistas através da Língua Brasileira de Sinais – LIBRAS -. É preciso antes de tudo saber se o “intérprete” é de fato habilitado e capacitado para dizer aos ouvintes o que o surdo expressa em LIBRAS.

Recentemente foi realizada a Semana Comemorativa ao Dia do Surdo que transcorreu em 26 de setembro. A TV Verde s Mares fez isenta cobertura jornalística sobre a caminhada que abriu a vasta programação de comemoração e reflexão sobre a inclusão social do surdo. O detalhe é que na reportagem do estúdio, a intérprete apresentou algo diferente do que realmente foi expresso em LIBRAS pela surda entrevistada.

Não se sabe se isso ocorreu pelo nervosismo da intérprete, por ela considerar a opinião da interpretada diferente ou fora do contexto da Semana do Surdo, ou ainda pior, se pela não habilidade para interpretar?

Aqui não se faz nenhuma crítica destrutiva a absolutamente ninguém, apenas uma advertência para se ter mais zelo no que diz respeito a interpretar para um (a) surdo (a). Esse (a) é um (a) deficiente físico que precisa da verdade dos outros. Essa verdade é expressa quando se é interpretado (a).

O (a) surdo (a), portanto, confia em seu intérprete, havendo assim a “obrigatoriedade” ética profissional em dizer para os ouvintes verbalmente e para ele (a) em LIBRAS o que se expressa como intercâmbio de comunicação.

O que assim não proceder está fugindo para com a verdade e infelizmente e principalmente para com a verdade do surdo.

NoYou Tube está sendo veiculado um vídeo postado pelo perfil “Vídeo Libras” enfocando erros preocupantes entre o que foi dito em LIBRAS e interpretado para o entrevistador e telespectadores da TV Verdes Mares Cariri.

Com legendas, na parte inferior há o que foi dito na entrevista e na superior as legenda com que foi sinalizado pela surda e a intérprete.

Usando o que foi dito pela surda em LIBRAS durante a entrevista divulguemos a cultura surda. Vamos lutar e romper as barreiras contra os surdos. Isso só acontece com A VERDADE.

Em tempo. Há em Juazeiro o INTRA – Instituto Transformar – que trabalha real e verdadeiramente há 10 anos propagando e defendo a cultura surda em todo o Cariri Cearense. Há ainda a Associação dos Surdos do Cariri que diz estar completando 10 anos em 2011, contudo, conforme se viu e foi interpretado na entrevista passou um período sem atividades.

Numa cidade com mais de 9 mil deicientes auditivos, quanto mais entidades para representá-los melhor. Por dever de justiça, contudo, é preciso lembrar que a Semana do Surdo é realizada há 3 anos e é executada pelo INTRA em parceria com a Associação dos Profissionais Intérpretes de LIBRAS da Região Metropolitana do Cariri e Associação dos Surdos da Região Metropolitana do Cariri –.

Não reconhecer o INTRA como idealizador e executor deste grande evento que entrou para o calendário dos eventos envolvendo a Cultura Surda no Brasil é fugir para com a verdade. Deixar transparecer num veiculo de comunicação de grande credibilidade como a TV Verdes Mares Cariri que a Associação dos Surdos do Cariri estaria promovendo a programação é quando nada um equívoco sem precedentes.

O correto seria dizer que a Associação dos Surdos do Cariri, de forma comprometida torna-se aliada do INTRA e demais seguimentos representativos para defender de forma responsável a cultura do surdo.

Assistam ao vídeo e tirem suas próprias conclusões.


A Brisa do Salgado - Emerson Monteiro


Este o título de outro livro do autor Dimas Macedo, telúrico lavrense de quatro costados e raízes fincadas às margens do rio de nosso querido rincão. Devotado à vida de Lavras da Mangabeira de tantos acontecidos e personagens, aprofunda ação no amor à terra, em estudos e registros do universo que lhe convida a momentos definitivos das páginas que escreve com ânimo acendrado. Prolífico, incansável, preserva as relíquias desse lugar, consagrado aos irmãos de uma terra reconhecida pelas letras, de inúmeros títulos, poetas, contistas, cronistas, romancistas, memorialistas, nascidos ou vividos no seio do tórrido continente.

E Dimas se entregou à função de maestro da orquestra multiforme... Escriba primoroso, dedicado, proficiente, recolhe peças elaboradas pelo esmero daqueles heróis da pena, e constitui o acervo da literatura que descobre aos filões na alma dessa gente... Traça rumos, pesquisa, referenda, artífice intelectual da Academia Lavrense de Letras, exemplo vivo de cultor da arte a quem oferta sonhos de inteira devoção.

O livro que hoje nos traz, edição da Imprece Editorial, Fortaleza CE, 2011, consolida posições por meio de crônicas e ensaios inspirados, visando significar o rumo saboroso dos quintais férteis do Rio Salgado, cujas águas acariciam os morenos pés das musas da pátria ressequida. Ainda que envolto nos afazeres profissionais, se permite a instantes preciosos de laborar espelhos de sapiência e monta e totalidade lógica dos discursos textuais coletivos.

Converge, pois, linhas do tempo e do espaço lavrenses na colcha de retalhos dos filhos próximos ou distantes, vivos ou eternos, presentes ou para sempre destacados pela fraternidade, instrumentos afeitos à batuta do grande amigo que resolveu doar genialidade aos amantes das letras interioranas, literatura ao natural.

Um inesquecível cronista das terras alencarinas, poeta, ensaísta e historiógrafo, Dimas Macedo assim subscreve a legenda de que Lavras da Mangabeira se reveste qual cidade fenômeno das letras cearenses, pela incidência privilegiada na relação autores/habitantes no decorrer da sua história, satisfação e honra dos apreciadores da cultura.
Como Participar da Rede Blogs do Cariri Para participar da Rede Blogs do Cariri, você precisa inserir 3 códigos html em seu BLOG: Código de Membro da Rede: Basta inserir o código abaixo na aba direita do seu Blog, que o identificará como membro. Todos os sites da rede, inclusive o site central possuem esse código, que faz aparecer um pequeno selo que diz "Este Site faz parte da Rede Blogs do cariri". Esta logomarca é quem identificará as atualizações que seu site teve nas últimas horas e atualizará nosso banco de dados automaticamente, gerando mais publicidade para seu site. Sites atualizados garantem mais visitas e mais publicidade. O código está em linguagem HTML e deve ser inserido na aba direita como novo elemento HTML do seu Blog. O código pode ser baixado do link abaixo: http://www.instrumentalbrasil.com/redeblogs/codigologo.txt O Código de Classificados: O segundo código é o dos classificados da Rede. Um dos grandes objetivos da Rede Blogs do cariri é promover a integração do Cariri e Centro-Sul do estado do Ceará. Criamos um sistema de classificados e Mural, no qual os internautas de várias cidades podem se comunicar entre si, e divulgarem seus produtos, serviços, mesmo de quem nem faz parte da Rede. Isso é muito importante para promover a integração. Adicione o código HTML dos classificados abaixo também na aba lateral do seu Blog. O Cariri, o vale do Salgado e Centro-Sul ficarão integrados. Todos os Blogs da rede devem colocar os classificados, assim, todos saem se beneficiando, pois classificados atraem internautas. O código pode ser baixado aqui: http://www.instrumentalbrasil.com/diversos/muraldeclassificados.txt O MAIS IMPORTANTE: É necessário a colocação do Código da Rádio Chapada do Araripe, que pode ser pego no link abaixo: http://www.instrumentalbrasil.com/redeblogs/codigoplayer1.txt Dihelson Mendonça Contatos: blogdocrato@hotmail.com www.blogdocrato.com